Nokia 808 PureView: análise

26 Dezembro 2012

telemóveis

Nokia 808 PureView

O Nokia 808 PureView foi o primeiro smartphone a incluir uma câmara com a tecnologia PureView. Actualmente esta tecnologia também está presente no Nokia Lumia 920 mas, no caso do 808 PureView, além das lentes Carl Zeiss e algoritmos desenvolvidos pela própria Nokia, inclui ainda um sensor de 1/1.2″ com 41 MP. Segundo a marca, o 808 PureView é capaz de produzir imagens de qualidade excepcional. Será a melhor câmara disponível num telemóvel? Serão as suas fotografias de qualidade excepcional? E como se comportará nas restantes funções? Foi o que tentámos tirar a limpo na nossa análise.

CONTEÚDO DA EMBALAGEM

Nokia 808 PureView

  • Nokia 808 PureView
  • Carregador Nokia AC-50 Micro-USB
  • Cabo de carregamento e de dados Nokia CA-190CD
  • Auricular estéreo Nokia WH-209
  • Folheto com informação sobre NFC
  • Correia de pulso preta Nokia Wrist Strap
  • Manual rápido
  • Manual do utilizador
  • Folheto informativo do produto

 

PRINCIPAIS ESPECIFICAÇÕES

Nokia 808 PureView

Principais especificações do Nokia 808 PureView
Sistema operativo Nokia Belle
Processador 1,3 GHz
Ecrã AMOLED táctil capacitivo de 4″ com resolução de 640×360 píxeis (nHD), tecnologia ClearBlack, 16,7 milhões de cores e vidro Corning Gorilla Glass
Câmaras Traseira: sensor de 1/1.2″ com 41 MP (38 MP efectivos), Auto-Focagem (AF), tecnologia Nokia Pureview, lentes Carl Zeiss Tessar de 8 mm (equivalente a 26 mm (16:9) ou 28 mm (4:3) no sistema de 35 mm), focagem entre 15 cm e infinito, abertura de F2.4, flash Xénon para fotografia e luz LED para o vídeo, capaz de gravar vídeo Full HD na resolução máxima. Outras informações sobre o vídeo:

  • Full HD (1920×1080)@30fps [por defeito], HD (1280×720)@30fps, nHD (640×360)@30fps
  • FPS disponíveis: 15, 24, 25 e 30 fps
  • Codificação: H264 High Profile Level 4.0 e H263 / Áudio: 128 kbps e 48 kHz

Frontal: VGA

Memórias 16 GB de armazenamento; 512 MB de memória RAM
Rádio FM estéreo com RDS, Transmissor de FM
Leitor de áudio AAC, MP3, M4A, WMA, Dolby Headphone
Leitor de vídeo H.264, MPEG-4, VC-1, Sorenson Spark, Real video 10
Saída áudio 3,5 mm
Rede GSM/EDGE 850/900/1800/1900 MHz

WCDMA 850/900/1700/1900/2100 MHz

HSDPA até 14,4 Mbps, HSUPA até 5,76 Mbps

GPS Sim, A-GPS, Nokia Maps
WLAN Wi-Fi 802.11 b/g/n, DLNA
Bluetooth 3.0
Ligação de dados Micro-USB 2.0, USB On-the-Go
Ranhura de expansão Cartões de memória microSD até 32 GB
Bateria BV-4D Li-ion 1400 mAh
Autonomia em conversação GSM: até 9 h

WCDMA: até 6,5 h

Autonomia em standby GSM: até 465 h

WCDMA: até 525 h

Dimensões 123,9 x 60,2 x 13,9 mm (17,95 mm ao nível da câmara)
Peso 169 g
Outras características Micro-SIM, Acelerómetro, Bússola (magnetómetro), Sensor de proximidade e de luminosidade, Micro-HDMI, Universal Plug and Play (UPnP), NFC

 

 

HARDWARE

 

Design e dimensões

O design do Nokia 808 PureView não é particularmente inspirado e é praticamente todo feito em plástico. Apesar disso, transmite uma sensação de qualidade de construção e de robustez. Globalmente, as suas dimensões são de 123,9 x 60,2 x 13,9 mm mas, ao nível da câmara, a sua espessura sobe para uns consideráveis 18 mm. Com 169 g também não é dos telemóveis mais leves, mas é perfeitamente aceitável.

Nokia 808 PureView

Como normalmente acontece nos telemóveis de ecrã táctil de hoje em dia, o Nokia 808 PureView tem a parte frontal dominada pelo seu ecrã táctil de 4″. Ainda na parte frontal, é possível distinguir o sensor de proximidade e de luminosidade e a câmara frontal com resolução VGA no canto superior direito, mais ao centro o auscultador e em baixo as teclas físicas que se encontram unidas, mas que funcionam como 3 teclas independentes: do lado esquerdo a tecla para chamar, ao centro a tecla de menu e do lado direito a tecla para desligar as chamadas e também para ligar/desligar o Nokia 808 PureView.

Nokia 808 PureView

Na parte de trás, é onde encontramos talvez a característica mais importante deste smartphone: a sua câmara principal. É onde encontramos também uma tampa que, ao ser aberta, revela que o 808 PureView suporta NFC e que, removendo a bateria, existe um suporte para cartões micro-SIM e outro para cartões de memória microSD. Do lado esquerdo, não existe qualquer botão ou ligação, enquanto do lado direito é onde está o botão para a câmara, o botão para bloquear/desbloquear o ecrã e também os botões para o zoom e aumentar/diminuir o volume do som.

Nokia 808 PureView

Em cima é onde se encontram as ligações micro-HDMI, micro-USB (com suporte para USB On-The-Go) e a ligação Nokia AV de 3,5 mm que suporta a tecnologia Dolby Headphone. Em baixo, existe apenas o microfone e um orifício para fixar uma correia de pulso (incluída).

 

Processador e memórias

O 808 PureView tem um processador relativamente modesto para os dias de hoje, com apenas um núcleo e velocidade de 1,3 GHz. A memória RAM também não é muito generosa, com apenas 512 MB. No entanto, esta combinação é suficiente para que o sistema operativo não seja demasiado “preguiçoso” e para processar fotografias com até 38 MP.

Tem ainda 16 GB de capacidade de armazenamento que permitem o armazenamento de muitas fotos e vídeos, mas que ainda poderá ser expandido até mais 32 GB através do suporte para cartões de memória microSD.

 

Ecrã

O ecrã deste smartphone é um AMOLED táctil capacitivo de 4″ com resolução de 640×360 píxeis (nHD), tecnologia ClearBlack, 16,7 milhões de cores e vidro Corning Gorilla Glass resistente a riscos.

Nokia 808 PureView

A tecnologia ClearBlack é um método para reduzir os reflexos no ecrã que permite melhorar o contraste e os ângulos de visão. Desta forma, o ecrã oferece uma boa saturação das cores e é mais fácil de ver, especialmente em exteriores, pelo que não tivemos qualquer problema em ver o conteúdo do ecrã do 808 PureView quando fotografámos ou filmámos em exteriores. No entanto, a resolução de apenas 640×360 píxeis num telemóvel que é capaz de registar fotografias de 38 MP é, no mínimo, desapontante.

 

Câmara

O que destaca o Nokia 808 PureView dos restantes smartphones é sem dúvida a sua câmara principal a que podemos aceder, de forma rápida, premindo a tecla dedicada à câmara situada do lado direito. Tem um sensor de 1/1.2” (ou seja, de grande dimensão para um telemóvel) com uns incríveis 41 MP de resolução (38 MP efectivos) e a tecnologia PureView que, na resolução standard (3, 5 ou 8 MP), permite fazer zoom sem perda de qualidade e fazer o chamado pixel over sampling, ou seja, condensar a informação de 7 píxeis num único píxel para registar imagens mais nítidas. Inclui ainda Auto Focagem (AF), lentes Carl Zeiss de 8 mm com abertura F2.4, flash Xénon para a fotografia (inclui opção de redução dos olhos vermelhos) e luz LED para o vídeo.

Nokia 808 PureView

A aplicação da câmara no modo de fotografia é muito completa com 3 modos de disparo principais:

  1. Modo Automático que, obviamente, tira partido da tecnologia PureView mas apenas na resolução de 5 MP.
  2. Modo Cenas que inclui predefinições como Neve, Holofote, Retrato nocturno, Noite ou Desporto.
  3. Modo Criativo onde podemos dar largas à nossa criatividade e escolher o modo do sensor (PureView ou Resolução total para tirar fotos até 38 MP). No modo PureView podemos escolher tirar fotos com 8, 5 ou 3 MP. É também possível mudar o formato (16:9 ou 4:3), a qualidade JPEG, os tons de cor, o modo de captação (inclui um temporizador), a saturação, o contraste, a nitidez e ainda aceder a preferências como a adição ou remoção de uma grelha ao visor. Mantendo o modo Criativo seleccionado e voltando ao ecrã inicial da câmara, verificamos que temos opções para compensar a exposição, um histograma, alterar o equilíbrio dos brancos, o ISO (até um máximo de 1600) ou ainda adicionar um filtro de densidade neutra (filtro ND). Com tanta opção disponível neste modo, é bom saber que podemos memorizar até 3 definições personalizadas.

As fotografias registadas com a câmara principal do 808 PureView são excelentes. Podemos mesmo acrescentar, que foram as melhores fotografias que alguma vez registámos com um telemóvel. Deixando o 808 PureView fazer a sua “magia” no modo totalmente Automático, permite obter resultados surpreendentemente bons, mesmo em ambiente nocturno. Já na resolução máxima de 38 MP, os resultados também foram satisfatórios, mas perdemos a possibilidade de fazer zoom sem perda de qualidade e perdemos também o pixel over sampling, pelo que as imagens assim registadas não têm a mesma nitidez que no modo PureView.

 

 

No modo de vídeo temos também os 3 modos de disparo que podemos encontrar modo de fotografia: Automático, Cenas e Criativo. No modo de disparo Criativo temos a possibilidade de memorizar até 3 definições personalizadas, de mudar a resolução entre Full HD, 720p e 360p, de mudar o rácio de fotogramas entre 30fps, 25fps, 24fps e 15fps, os tons de cor, saturação, contraste, nitidez e ainda de aceder a preferências como a activação/desactivação da estabilização de vídeo. Tal como no modo de fotografia, mantendo o modo Criativo seleccionado e voltando ao ecrã inicial da câmara verificamos que existem opções para compensar a exposição, alterar o equilíbrio dos brancos ou desactivar/activar o modo de Auto Focagem contínua (CAF).

O vídeo 1080p@30fps produzido pela câmara principal do 808 PureView é, geralmente, de excelente qualidade. Além disso, a estabilização de vídeo (neste caso, estabilização digital, e não estabilização óptica como no Lumia 920) permite registar vídeos sem grandes tremuras e o som gravado tem a qualidade de CD. No exemplo em baixo, levámos a estabilização de vídeo ao extremo ao filmar um breve vídeo (com a estabilização ligada e depois desligada), enquanto descíamos umas escadas e sem grande cuidado em manter firme o 808 PureView:

 

 

Do lado esquerdo deste vídeo, é perceptível o trabalho da estabilização de vídeo mas, infelizmente, neste caso também é perceptível o chamado rolamento do obturador que provoca algumas distorções indesejadas. Numa utilização mais “normal” é possível registar vídeos como aquele que se encontra em baixo:

 

 

E até timelapses:

 

 

 

Conectividade e Recepção

O 808 PureView está repleto de opções de conectividade. Tem 2G quadband, 3G pentaband, A-GPS, Wi-Fi 802.11 b/g/n, DLNA, Bluetooth 3.0 e NFC. Além da ligação micro-HDMI que permite partilhar o conteúdo do ecrã deste smartphone com uma TV com ligação HDMI.

A recepção da rede e a qualidade de som durante as chamadas foi sempre impecável como é hábito nos telemóveis Nokia. O GPS também teve um bom desempenho, sendo bastante rápido a adquirir a localização. A ligação Wi-Fi revelou sempre um alcance satisfatório e o emparelhamento através de Bluetooth não revelou qualquer problema.

 

Autonomia

Nokia 808 PureView

Segundo a Nokia, a bateria BV-4D de iões de lítio com 1400 mAh é capaz de oferecer uma autonomia em conversação até 6,5 h em 3G e uma autonomia em standby até 465 h em 2G. Durante a nossa análise, com uso fraco a moderado o 808 PureView foi capaz de atingir e superar sem problemas os 2 dias de utilização, enquanto que com uso intensivo (uso permanente da ligação Wi-Fi, uso ocasional do leitor de música e de vídeo, do GPS e uso frequente da câmara fotográfica e de vídeo), o 808 PureView suportou um 1 dia.

 

 

 

SOFTWARE

O Nokia 808 PureView funciona com o sistema operativo Nokia Belle, recentemente actualizado da versão Feature Pack 1 para a versão Feature Pack 2, o que nos obrigou a refazer o vídeo sobre o software. O facto deste samartphone funcionar com o Nokia Belle não é terrível, mas também não é perfeito. Funciona com alguma fluidez, dá acesso às principais funcionalidades que se esperam de um smartphone, mas nem todas elas funcionam sem percalços. As notificações do email, quando configurado com o Gmail, foram inconsistentes e a maioria das (poucas) aplicações de acesso às redes sociais têm interfaces pobres e fluidez deplorável.

Nokia 808 PureView

Embora sejam poucas as boas aplicações disponíveis para Nokia Belle, duas delas merecem destaque: a aplicação de mapas e a aplicação de navegação da própria Nokia. A aplicação Mapas tem imenso detalhe (pelo menos para Lisboa) e depois a aplicação Conduzir oferece navegação guiada por voz completamente gratuita e offline.

Com muita pena nossa, e apesar da sua recente actualização, o sistema operativo Nokia Belle acaba por ser um dos pontos mais fracos do Nokia 808 PureView.

 

 

CONCORRENTES

Apenas nos ocorre um concorrente, em termos da qualidade da câmara principal, e esse concorrente é também da Nokia: o Nokia Lumia 920 com uma câmara igualmente com tecnologia Nokia Pureview e sensor de 8,7 MP, Auto-Focagem (AF), lentes Carl Zeiss com abertura de F2.0 e flash de duplo LED. No entanto, em tudo o resto, o Lumia 920 é superior.

 

VEREDICTO

Prós:

  • Excelente câmara principal (sensor de 41 MP, tecnologia PureView e flash Xénon)
  • Qualidade de recepção e do som durante as chamadas
  • Aplicações Mapas e Conduzir

Contras:

  • Espessura máxima de cerca de 18 mm
  • Ecrã com resolução de apenas 640×360 píxeis (nHD)
  • Poucas aplicações de qualidade para o sistema operativo Nokia Belle

Nokia 808 PureView

Em resumo, o Nokia 808 PureView tem uma boa qualidade de construção, está repleto de funcionalidades de conectividade, tem aplicações de mapas e de navegação muito boas e tem uma câmara principal de qualidade excepcional, com opções que rivalizam com algumas das câmaras compactas actualmente disponíveis no mercado. Infelizmente, o sistema operativo Nokia Belle deixa-o muito atrás dos seus principais concorrentes com iOS, Android ou Windows Phone, tanto na facilidade de utilização, como na selecção de aplicações.

Disponível na loja online da tmn por 589,90€ ou com contrato por 299,90€ (unlimited 100), 419,90€ (unlimited 60), 464,90€ (unlimited 45), 509,90€ (unlimited 30) ou 554,90€ (unlimited 15).

 

, , , , ,